fbpx

5 dicas de como evitar cair no aumento de dívidas

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Cuidado para não se afundar nas dívidas! Esse é um conselho que a gente ouve sempre de familiares e amigos. Mas em anos e épocas difíceis, onde temos que enfrentar a crise, as dívidas acabam ficando inevitáveis.

A RenegocieJá não só ajuda você a renegociar suas dívidas, mas traz 5 dicas de como evitar que endividamento se acumule. Venha saber mais!

Taxa de juros aumentou e com isso, brasileiros podem acumular mais dívidas

Em setembro deste ano (2021) o Banco Central anunciou o aumento da taxa Selic, fazendo com que a taxa básica de juros passasse de 5,25% para 6,25%, o maior patamar desde julho de 2019.

Não bastasse isso, de acordo com o Banco Central, 2021 pode fechar com a taxa a 8,25%.

Isso se deve a inflação que aconteceu nesse ano, onde a meta central é de 3,75% e só deve ser cumprida se caso se manter entre 2,25% e 5,25%. Assim, a taxa de juros sobe para tentar conter a inflação.

Para o ano que vem (2022), a estimativa é que a meta central fique em 3,50% e apenas será cumprida se o índice oscilar de 2% a 5%.

Quais são as consequências das altas dos juros para quem já está em dívidas?

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), atualmente o Brasil possui 72,9% das famílias endividadas, é a maior alta desde 2010. Além disso, a CNC levantou que as dívidas no cartão de crédito subiram de 78,4% em fevereiro de 2020 para 83,6% em agosto deste ano.

Com o aumento da taxa de juros, quem já está endividado sofre ainda mais para tentar renegociar junto ao banco, uma vez que irá resultar em taxas bancárias mais elevadas.

O maior impacto nas taxas do banco se encontra na linha de crédito para aquisição da casa própria e o custo final de empréstimos.

Venha saber como não cair no aumento das dívidas.

RenegocieJá traz 5 dicas para você não contrair ainda mais dívidas

juros

Evite que as dívidas virem uma bola de neve e atrapalhem seu sono. Saiba como você pode evitar contrair mais dívidas:

  1. Analise as suas despesas

É importante verificar onde você gasta seu dinheiro para saber onde pode economizar para poder pagar aquela dívida que te causa dores de cabeça. Vale a pena fazer um cálculo de gastos por três meses seguidos nessa etapa.

  • Centralize suas dívidas:

Caso você esteja devendo em mais do que uma instituição financeira, tente concentrar tudo em uma só para poder negociar melhores taxas e prazos.

  • Fique longe de propostas tentadoras:

Na hora do desespero, muitas pessoas acabam fazendo empréstimos simples sem perceber que esses possuem taxas de juros mais altas do que a própria dívida que ela já tem. Por isso, evite de fechar propostas que prometem milagres.

  • Utilize o dinheiro extra para pagar as dívidas

Apesar de parecer meio óbvio pagar as dívidas em primeiro lugar, algumas pessoas acabam utilizando o dinheirinho que sobra no fim do mês para fazer gastar com outras coisas. Só use esse dinheiro extra em caso de extrema importância, caso contrário, vá até o banco quitar parte das suas dívidas para que ela não se acumule e acabe piorando a situação para você.

  • Renegocie sua dívida com o banco

É importante sentar junto da instituição financeira e oferecer uma renegociação de dívidas, expondo condições ao seu favor, como por exemplo, receber um bom abatimento se a dívida for paga com antecedência. Também é importante mostrar para o banco sua vontade em quitar a dívida com, por isso mostre apresente propostas em que você possa pagar sua dívida sem apertar para o seu lado no fim do mês.

A RenegocieJá ajuda você a quitar suas dívidas

A RenegocieJá é uma empresa com experiência em renegociação de dívidas.

Atendemos clientes em vários lugares do Brasil e já ajudamos várias pessoas a saírem do pesadelo de dívidas, tratando diretamente com o banco e renegociando contratos onde se ofereça maior prazo de pagamento e com os mesmos juros.

Conte conosco para encontrar as melhores condições com redução dos valores, facilitando e permitindo a você quitar aquela dívida que tanto atrapalha a sua vida e seus negócios.

Nós podemos te ajudar!

Preencha com seus dados que a nossa equipe entra em contato com você pra entender melhor o seu problema, e vamos juntos encontrar a melhor solução.

Gostou? Conta pra gente!