fbpx

Apesar de estragos feitos por eventos climáticos, Brasil lidera produção de café

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O estado de Minas Gerais, maior produtor de café do Brasil, foi a região que mais sofreu com os eventos climáticos na última safra.

Ainda assim, o país conseguiu se manter na liderança da produção. Entenda.

Brasil produziu 3,1 toneladas de café em 2020

De acordo com o estudo feito pela Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas (Sire), o Brasil foi responsável por 30% da produção do café do mundo no ano passado, e no quesito exportação, enviou 2 toneladas (25,5%) para fora, seguido do Vietnã (20,2%) e da Colômbia (10,7%).

Os principais países que importam nosso café são a França, Portugal, Japão e China.

Minas Gerais é responsável por 54,9% da produção nacional de café

produção de café minas gerais

No ano passado (2020), o Brasil teve um aumento de 41% na produção do café comparado ao ano de 2019, isso resultou em 34,6 milhões de sacas.

E de acordo com o levantamento de dados do Conselho Nacional de Abastecimento (Conab), de toda essa produção, 54,9% é só de Minas Gerais, representando o maior estado produtor de café do nosso país.

Por outro lado, Minas Gerais também teve perdas na produção de café

As geadas do início do mês de julho devem prejudicar a produção de café no estado de Minas Gerais.

De acordo com a Associação dos Cafeicultores do Brasil (Sincal), em 2022, haverá perca de 500 mil a 1 milhão de sacas de café.

De acordo com o presidente da Sincal, Armando Mattiello, a situação dos cafeicultores é desfavorável e muitos são os prejuízos.

“Acabei de voltar de uma viagem de 15 dias, na qual visitei cafezais das principais regiões produtoras de café de Minas Gerais e São Paulo. As geadas prejudicaram cafezais no Sul de Minas e na Mogiana Paulista. Os impactos negativos serão vistos na próxima safra, mas a principal perda virá da seca, que atinge os cafezais desde o ano passado. Ao visitar as áreas, percebemos que não houve crescimento vegetativo. Em Minas, visitamos as regiões Sul e Triângulo, incluindo Patrocínio, que é a maior cidade produtora de café”, disse.¹

Apesar disso, em 2021 o cenário do café só cresceu no Brasil

Neste ano o Brasil bateu o recorde de 45,6 milhões de sacas de café exportadas, sendo 81% apenas da variedade arábica.

As exportações de café desta safra somaram 5,842 bilhões de dólares, o maior patamar dentro de cinco anos, com aumento de 13,4% na comparação anual.

Governo projeta crescimento de 27% de grãos em 10 anos, café está incluso

rota-do-cafe

O governo brasileiro está fazendo uma projeção de 10 anos quanto ao crescimento de grãos no Brasil, que prevê uma taxa de aumento de 2,4% ao ano, totalizando uma alta de 27,1%. Os dados são do estudo Projeções do Agronegócio, Brasil 2020/21 a 2030/31 da Secretaria de Política Agrícola, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), pela Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), e pelo Departamento de Estatística, da Universidade de Brasília (UnB).

Em uma década o Brasil irá produzir, em média, 71 milhões de toneladas de grãos. Com isso, a área de plantação do café, em específico, passará de 80,8 milhões de hectares para 92,3 milhões.

Ainda de acordo com o estudo, 43% da produção do café tem previsão de ser consumida dentro do nosso próprio país. Já a soja terá 33,7% da produção destinada ao mercado interno e o milho 71,6%.

As regiões Centro-Oeste e Norte são as que deverão ter os maiores aumentos relativos de produção e área.

Procura por seguro rural cresce entre produtores de café

Para assegurar o sustento de suas famílias, produtores de café têm procurado cada vez mais pelo seguro rural. Inclusive, é muito indicado para quem vive em regiões que sofrem com eventos climáticos que podem prejudicar a produção cafeeira.

Se você também quer garantir a sua produção e busca fazer um seguro rural, saiba que você pode contar com a Renegocie Já!

Fazemos auditoria e análise de contratos visando a aplicação de juros legais, além disso, definimos uma estratégia viável para o produtor que renegociou uma dívida bancária com o banco e vamos buscar mais tempo de carência e alongamento do pagamento.

Fale conosco:

Unidade Chapecó – SC

Telefone: (49) 99955-0791

Unidade Passo Fundo – RS

Telefone: (54) 3198-0804

Unidade Campo Grande – MS

Telefone: (67) 3047-1899

Unidade Cascavel – PR

Telefone: (45) 3112-4264

¹Fonte: Diário do Comércio

Nós podemos te ajudar!

Preencha com seus dados que a nossa equipe entra em contato com você pra entender melhor o seu problema, e vamos juntos encontrar a melhor solução.

Gostou? Conta pra gente!