fbpx

Como o setor hoteleiro pode renegociar as dívidas bancárias

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Com a atual situação do mundo, o setor hoteleiro é um dos que mais sofrem com prejuízos. O turismo reduziu muito fazendo com que os quartos ficassem vazios, mas as contas para pagar continuassem firmes e fortes.

Venha entender como o setor pode renegociar as dívidas.

Setor hoteleiro foi um dos mais afetados

As perdas do setor hoteleiro no Brasil são irreparáveis e levaram muitos donos de hotéis contraírem dívidas. O presidente do Sindicato de Hotéis de Porto Alegre (SHPOA), Carlos Henrique Schmidt, disse que a situação é delicada “É uma situação bastante delicada. Cerca de 7,8 % dos hotéis fecharam e não abriram mais. Hoje temos menos de mil leitos ocupados”.

Só a cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, possui em média 130 hotéis e 18 mil leitos.

Não só o lockdown atrapalhou o setor, mas também o funcionamento com capacidade reduzida. Outro fato é que muitas pessoas deixaram de viajar por conta da crise financeira que se instaurou ao redor do mundo.

Dívidas foram um dos fatores que trouxe impacto ao setor hoteleiro

Mesmo sem hóspedes as contas continuaram chegando aos empreendedores de hotéis, por isso hoje a maior queixa dos donos é a contração de dívidas que a situação gerou ao setor.

Não só isso, muitos hotéis tiveram que se readequar às medidas impostas pelo governo e a reestruturação trouxe ainda mais boletos.

dívidas setor hoteleiro

De acordo com Osmar José Vailatti, diretor-presidente da Associação Brasileira Da Indústria de Hotéis do estado de SC, muitos hotéis chegaram ao fundo do poço “Milhares de demissões, muitos hotéis sucumbiram. Acreditamos que em torno de 20% dos hotéis não abrirão mais. Temos hoje aproximadamente 40% de hotéis fechados no estado. Uma medida inteligente, pois abrir o hotel na maioria das vezes custa mais caro do que deixá-lo fechado. Os que estão abertos trabalham com baixa ocupação, variando de 5 a 15%”.

Apesar do retorno gradual que a indústria hoteleira está enfrentando, está claro que vai demorar para voltar ao que era antes.

Entenda como o governo tem se posicionado diante do prejuízo ao setor hoteleiro

Em maio deste ano (2021), foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse), que traz um pacote de medidas econômicas de ajuda aos setores de eventos e de hotelaria. Com isso, será possível o parcelamento de dívidas tributárias, a compensação de parte dos prejuízos adquiridos com a atual situação e também duas linhas de crédito.

Apesar de em 2020 o governo federal ter liberado quase R$1 trilhão para os bancos abrirem linhas de crédito para pequenas, médias e grandes empresas, os pequenos empreendedores fizeram críticas e alegaram que só os grandes tiveram acesso aos recursos.

“O Governo tem contribuído muito pouco para ajudar a salvar a hotelaria. Algumas medidas ajudaram o setor, porém muito pouco para satisfazer e contribuir mais fortemente com a recuperação da hotelaria. A economia do turismo quer voltar a ser o que era, e o Governo precisa se envolver mais. Várias linhas de crédito foram e são anunciadas pelo Governo, porém, os bancos não disponibilizam os recursos e dificultam a liberação. Não chegam ao destino. É lamentável.”, comentou o diretor-presidente da ABIH-SC.

 Como a RenegocieJá ajuda o setor hoteleiro em épocas de crise

A RenegocieJá ajuda os donos de hotéis na hora que ele mais precisa.

Nossa equipe está sempre atenta às novidades de empréstimos, financiamento e renegociação de dívidas com o banco, auxiliando no pagamento das dívidas de forma clara e justa, sem altas taxas de juro, ou se for necessário, quitar uma dívida com a garantia por meio de bens do devedor sem prejudicar outros negócios.

A RenegocieJá ajuda você a entrar com um pedido de maior prazo de pagamento junto aos bancos, fazendo o recálculo da sua dívida e apurando o valor correto como determina a lei regulamentadora daquele tipo de dívida bancária, ainda mantendo o mesmo preço dos juros.

Se for necessário um novo empréstimo para quitar suas dívidas, a RenegocieJá também mostrará o melhor caminho, fazendo auditoria dos contratos e analisando a aplicação de juros legais, e verificando os casos de juros abusivos.

A RenegocieJá está sempre ao lado do setor hoteleiro, por isso, conte conosco para quitar a dívida bancária que tanto te incomoda.

Nós podemos te ajudar!

Preencha com seus dados que a nossa equipe entra em contato com você pra entender melhor o seu problema, e vamos juntos encontrar a melhor solução.

Gostou? Conta pra gente!