fbpx

Produtor rural: saiba como sair da situação de dívida bancária

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Os muitos eventos climáticos que aconteceram nesse ano, além da atual situação que estamos vivendo, tornou muitos produtores rurais inadimplentes em nosso país.

De acordo com o estudo realizado pela Serasa Experian em junho de 2021, os produtores que estão com dívidas bancárias representam 15,9% da população geral, todos de estados com produção agrícola expressiva.

Se você é produtor rural e também está nessa situação, venha saber como a RenegocieJá vai te ajudar a acabar de vez com aquela dívida bancária.

Conheça a situação dos produtores rurais onde a produção agrícola é mais ativa

O Estudo de Inadimplência do Produtor Rural foi realizado ineditamente pela Serasa Experian utilizando uma amostra de 95 mil agricultores dos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Tocantins.

A partir do levantamento, foi possível constatar que 43,5% dos produtores do estado de Tocantins estão inadimplentes. Em Goiás, as dívidas atingem 28% dos agricultores; no Mato Grosso 23,5%; em Santa Catarina 17,5%; no Mato Grosso do Sul 16,1%; no Paraná, 13,5% e o Rio Grande do Sul fica com a taxa mais baixa de produtores rurais inadimplentes, com 11,3%.

O que levou os produtores rurais a contraírem dívidas

Primeiro a seca, depois a geada. A agricultura brasileira sofreu bastante com os eventos climáticos nessa safra.

Com a falta de chuva, Minas Gerais teve queda na produção de café. A pesquisa feita pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais apontou que 193 mil hectares de cafezais foram atingidos no estado com a estiagem.

“No ano passado, de agosto a outubro, praticamente não choveu nada. A planta busca água no solo para se manter e desenvolver, por isso a seca foi o que mais afetou os cafezais mineiros”, comentou o coordenador técnico de Cafeicultura da Emater-MG, Julian Carvalho.

Com isso, 15 mil cafeicultores tiveram as lavouras afetadas pela falta de chuva, o que levou a queda de 40,7% da produção de café.

dívida bancária produtor rural

Já no Paraná, a safra registrou uma queda de 9%, totalizando aproximadamente 873 mil sacas de café. Ainda que pequena, essa baixa na produção ficou 4% abaixo do registrado no ano passado.

No Mato Grosso do Sul, não bastasse a seca, a região também foi atingida pela geada que comprometeu metade do plantio de milho.

De acordo com a Aprosoja-MS, 2,7 milhões de toneladas de milho foram perdidas para a próxima colheita, isso porque o estado já vinha sofrendo com estiagem e, apesar dos produtores rurais trabalharem em cima das previsões meteorológicas, foram pegos de surpresa com a geada, pois não esperavam que ela viesse antes da formação completa dos grãos.

“Apesar das previsões os agricultores acreditavam que os grãos iriam formar primeiro, essa é sempre a expectativa do agricultor. Tivemos uma estiagem em abril e maio e acreditávamos que a geada não viria mais ou se viesse seria após a formação do grão, porém ela veio no final da formação”, explicou o Presidente do Sindicato Rural do Mato Grosso do Sul, Ângelo Ximenes.

Além disso, o agro brasileiro também teve que enfrentar a queda do preço do leite e os recentes casos da doença conhecida como vaca louca nos frigoríficos de Nova Canaã do Norte (MT) e Belo Horizonte (MG), suspendendo a exportação da carne para a China temporariamente.

Como a RenegocieJá ajuda o produtor rural a sair da situação de dívida bancária

A RenegocieJá é parceira do agro no Brasil e quer ajudar o produtor rural a garantir o sustento da sua família. Por isso, se você está com dificuldade em quitar empréstimo rural devido a problemas como: frustração de safra, preço de venda dos produtos, perca de animais e alto custos dos insumos, a RenegocieJá vai te ajudar.

Nós buscamos as melhores condições para redução de valores de contrato, além de entrar com um pedido junto ao banco de maior prazo de pagamento, mantendo os mesmos juros, caso você esteja com problemas no campo e na colheita.

Fale conosco e conte com a RenegocieJá para quitar aquela dívida bancária que tanto te incomoda.

Nós podemos te ajudar!

Preencha com seus dados que a nossa equipe entra em contato com você pra entender melhor o seu problema, e vamos juntos encontrar a melhor solução.

Palavras-chaves

Gostou? Conta pra gente!